Minha Vida Indesejada (Parte Final)

image

Tudo Piorou
Depois daquela trufa de minha tia me senti 30% melhor. Mas lembrei de Eduart.
O que ele deve estar achando de mim? Que sou uma louca? Talvez. Mas tudo o que fiz foi o melhor pra mim, estou melhor do que antes. Menos insegura, menos tudo o que sou e aqui no Canadá criei até novas amizades.
Me despedi de Titia e fui para o meu hotel.
Tinha uma pessoa vendendo brigadeiro, lembrei de Eduart. Não aguento, sempre tem algo que me faz lembrar.
Meu celular vibra.

Eduart:

Conversei com seus pais, eles estão indo até ai.
Melhor se preocupar..

Eu:

Não acredito!!
Meus pais??
Pra quê??

Eduart:

Tem um festival aí, eles me falaram que todo ano vai.

Eu:

Todo ano? Como assim? Eu nunca fui com eles.
Estou impressionada kkkkkkkk.

Eduart:
Melhor se preparar Pen..

Como meus pais visitam Canadá todo ano e eu não sabia desta? Fiquei bem chocada.
A preocupação estava vindo junto com eles. Me senti tão ruim, raiva envolvendo. Não era possível tudo isso.

Chegaram os esperados e uma surpresa..

Era 10:00am, recebi uma ligação.
Era os meus pais, falando que estariam na porta do hotel ao lado do meu.
Nessa hora entrei novamente em choque. Poderia ser bem longe o hotel deles né?
Não fui, menti que tinha compromisso. Mas na verdade estava no centro fazendo compras e buscando algo novo para o blog.
Comprei várias coisas, bandeira do Canadá, copos personalizados,pulseiras, um all star novo, comida porque tinha cada coisa gostosa lá. Enfim fiz uma compra de tudo o que uma garota precisa. Kit de sobrevivência. Comprei um livro que aonde morava não vendia. Estava com pouco dinheiro mas mesmo assim comprei o que pude.
Bom depois da minha compra fui até o hotel, e ali estava meus pais.
O que eles estavam fazendo ali? Queria privacidade.
E do nada aparece um garoto no elevador, era Eduart.
Meu coração gelou, parou, deu branco. Me senti tonta e como sou fraca, -Penny Desmaiada!!
Acordei não estava na recepção do hotel, estava em um quarto. E era de um hospital.
É super normal desmaiar, precisava de hospital? Não sabia o por que mas, não podia fazer nada.
Quando acordei Eduart estava do meu lado, mamãe do outro.
_ Surpresa? – falei.
Eles deram risadas.
Sai do hospital e fui direto para uma lanchonete. A pessoa que não queria que fosse comigo, foi. E era Eduart.
Me senti tão culpada, tão insegura, com medo. E tudo isso não sentia perto de Eduart.
Conversamos, fui bem fria mas me solteira pouco à pouco. A conversa foi boa, mas chegou uma hora que Eduart me perguntou por quê…. Tive que contar tudo, aliás eram poucas coisas mas, coloquei pra fora. Me expliquei.
Titia apareceu na lanchonete, e trouxe trufas. Parecia que estava desconfiada, torci que não falasse um “A” mas não deu certo.
Ela me perguntou na frente de Eduart se ele era o “Garoto Detona”. Comecei a rir e fiquei muito vermelha. _ Sim é ! – todos rimos.
Eduart me perguntou o por que de Detona e expliquei: _”Garoto” de garoto mesmo, “Detona” pois você detonou um pouco nossa amizade. Mas tudo bem.

Últimos dias em Canadá.

Passei quase um mês em Canadá, e Eduart não foi embora com os meus pais. Ele se hospedou no mesmo hotel que eu, no quarto na frente do meu.
Numa manhã normal, sai para o café do hotel e quando abri a porta do quarto:
_ Bom dia Senhora Pen!! – Eduart me deu um susto, e nas mãos dele havia uma bandeja com dois sanduíches e duas vitaminas.
Comecei a rir, mas senti muita vergonha. Que fofo ele.
Chamei ele para dento do meu quarto e sentamos numa mesa para lanchar.
Agradecer foi meu próximo passo.
Rimos muito, e do nada o clima ficou pesado.
Ele disse que iria mudar para longe do país que moramos.
Nessa hora Fechei os olhos, lembrei de tudo que passamos e no final tudo ficou preto. Como num filme.
Não acreditei e falei mil vezes que não poderia ser.
Eduart explicou mesmo assim não aceitei.
O pai dele aceitou um emprego na Rússia e ele não poderia perder a chance.
Desculpa mas, o que Eduart tinha com isso? Ele é maior de idade.
Saiu algumas lágrima dos olhos dele. Me preocupei. E logo um beijo se lançou.
Intenso, meio triste mas, ele me beijou!! Não acreditei e dei uma risada. Com o Estado de Eduart e eu rindo? Eu estava completamente louca.
Ele se desculpou por tudo. E disse tchau.
Para tudo ele já vai? Cai na real, ele não poderia ir.
Mas foi.
Nesse mesmo dia ele foi para o aeroporto. Fui com ele até lá me despedir e o que aconteceu no final? Outro beijo.
Intenso e triste como o primeiro, mas seria o último.

O jogo virou? Ou o amor voltou?

Uma semana depois daquele dia frio e triste com Eduart fui para casa.
E quando cheguei arrumei as malas e fiz algo mais que errado. Viajar para Rússia.
Seria certo? Se sim ou não parei para pensar: se Eduart foi para Canadá por minha causa, qual seria o problema de ir para Rússia?
Meus pais deixaram, aliás eu era maior de idade.
Peguei um vôo que tinha para Rússia no outro dia. E esperei o dia inteiro.
Eduat me mandou mensagens mas não respondi, queria suspense, surpresa.
Chegou o dia esperado, fui para o aeroporto e #PartiuRússia.
Com essa viajem poderia ser mais um avanço no blog, e poderia trazer outras ótimas matérias sobre viagens. E sobre Eduart.
A viagem durou 12 horas, bem demorada mas aproveitei o WiFi do Avião e publiquei no blog.
Após 12 horas liguei para Eduart e dei belas indiretas para saber qual Cidade ele estava, rua, número. Falei que iria pesquisar no Google Maps. E ele me passou, BINGO!
Pedi um táxi e fui para uma loja de presentes famosa na cidade, comprei uma placa de metal escrito “Voltei pra te levar ” escrito na língua que ele aprendeu. Depois fui direto para casa dele. Era uma casa bonita, dois andares, janelas de vidro, quintal cheio de flores.
Toquei a campainha. E Eduart veio.
Levantei a placa e falei: _ Surpresa?
Ele simplesmente me abraçou e de novo me beijou. Estava alegre, feliz de mais. Me chamou para entrar e me contou algo que simplesmente mudou minha vida:
_ Meu pai não gostou do emprego, vamos mudar amanhã mesmo
Gritei, pulei, imaginei um futuro perfeito com Eduart que era a pessoa que mais amava. Tirando meus pais claro.
Não pude acreditar, fiz um convite para irmos para uma praça que havia perto. E fomos.
Tinha muita gente e do nada Eduart se ajoelhou e com algumas palavras todos que ali havia ficaram impressionados:
_ Quer namorar comigo?
Não pude acreditar, no mesmo momento pulei e disse _Claro, Claro!!
Tudo melhorou, o que não acreditava se realizou.
Eduart e eu estamos felizes, amanhã completo 2 anos do blog e no mesmo dia fiz mais de 6 publicações, eram tudo de auto-ajuda e sobre Eduart.

Por fim, final feliz!!

Me revelei no blog, mostrei meu rosto. Muita gente se assustou, e a maioria conhecia.
Voltamos para nosso país, nossa cidade, nossos prédios.
Contamos tudo para todos.
Eu estava feliz, Eduart e nossos pais também.
Eu deixo um recado para todos, e isso é o que mais importa na vida de cada um:
” nunca deixe de desacreditar em um sonho, uma possibilidade, um desejo. Não preocupe com tempo, ele não define nada, o que define mesmo é sua fé, você mesmo.”
” Vamos lá não perca tempo, você pode, basta acreditar. Está em você não nos outros. Você é capaz, acredite?”
Daquele dia à diante, tudo aconteceu como eu queria à 5 anos atrás. Realizei meus sonhos, meus desejos. E hoje estou aqui. Me tornei a Blogger do momento, “a garota que namora Eduart Kessey”, e que tem fãs.
Tudo o que sonhei tive. Mas não conquistei sozinha. Com ajuda do tempo estou aqui.
E agradeço cada segundo…

Minha Vida Indesejada—- Por Roberta Sales

Gostou? Quer mais?
Resumi bastante minha “crônica” que fiz a bastante tempo. Se vocês gostarem posso fazer até mais !!!
Isso vai de vocês!

Quer entrar por dentro do que acontece em Blog Da Tímida? Entre em Menu, Contado e vá em : Seguir blog por email. E receberá notificações de quando terá matéria nova!!!

Me segue nas redes Sociais?
Facebook: http://www.robertasales560.facebook.com
Twitter: @blogdaTimida
Snapchat: Roberta.sales13

**** Blog da Tímida agradece ****

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s